Renda Fixa

É o investimento realizado diretamente em Títulos Públicos e Privados de Renda Fixa. Quando você compra um título de Renda Fixa, você está emprestando dinheiro ao emissor do papel, que pode ser um banco, uma empresa ou mesmo o Governo. Em troca, recebe uma remuneração por um determinado prazo, na forma de juros e/ou correção monetária, podendo receber, ainda, parcelas chamadas amortizações.

VANTAGENS:

  • Exposição a vários setores da economia, aumentando a diversificação do portfólio.
  • Previsibilidade de rendimento (se os investimentos forem mantidos até o vencimento*).
  • Ativos que podem atender aos objetivos de liquidez, de renda ou apreciação de capital.
  • Opções de produtos com isenção de imposto de renda.
  • Dezenas de opções cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

TÍTULOS

Descubra as opções de investimento em Renda Fixa. Mais de 80 opções com taxas e
rentabilidades competitivas. Diversas delas garantidas pelo FGC.

Títulos Privados

CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO (CDB)

Os CDBs são títulos emitidos pelos bancos e caixas econômicas vendidos aos investidores como forma de captação de recursos. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada.

EXISTE GARANTIA PELO FGC, CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE.

CRA (CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS DO AGRONEGÓCIO)

Os CRAs estão vinculados a direitos creditórios originários de negócios realizados por produtores rurais / cooperativas, relacionados ao financiamento da agropecuária. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada. Podem ter garantias. São isentos de IR para pessoa física no rendimento e no ganho de capital.

CRI (CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS)

O CRIS são títulos lastreados em créditos imobiliários, representativos de parcelas de um direito creditório. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada. Podem ter garantias. São isentos de IR para pessoa física no rendimento e no ganho de capital.

DEBÊNTURES

As debêntures são valores mobiliários que representam dívidas de médio e longo prazos de Sociedades Anônimas.A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada. Podem contar com a isenção de IR e IOF para pessoa física no rendimento e no ganho de capital, se enquadradas como debêntures de infraestrutura

LC (LETRA DE CÂMBIO)

As LCs são Instrumentos de captação das financeiras, com o objetivo de financiar suas atividades. Você empresta dinheiro às financeiras em troca de uma rentabilidade preestabelecida. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada.

EXISTE GARANTIA PELO FGC, CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE.

LCA (LETRA DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO)

As LCAs são títulos emitido por instituições financeiras, vinculado a direitos creditórios originários do agronegócio. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índicesde preços ou Taxa Prefixada. São isentos de IR para pessoa física no rendimento e no ganho de capital.

EXISTE GARANTIA PELO FGC, CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE.

LCI (LETRA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO)

As LCIs são instrumentos de captação emitidos por instituições autorizadas pelo Banco Central, para financiar o setor imobiliário tendo como lastro financiamentos imobiliários garantidos por hipoteca ou alienação fiduciária. A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada. São isentos de IR para pessoa física no rendimento e no ganho de capital.

EXISTE GARANTIA PELO FGC, CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE.

LETRA FINANCEIRA

As LFs são instrumentos de captação de recursos exclusivo das instituições financeiras. Possuem prazo mínimo de 2 anos (sênior) e 5 anos (subordinada). É vedado resgate total ou parcial antes do vencimento. Investimento mínimo de R$150 mil (sênior) e R$ 300 mil (subordinada). A remuneração pode ser em % do CDI, CDI + spread, Índices de preços ou Taxa Prefixada.

TÍTULOS PÚBLICOS

TÍTULOS PÚBLICOS FEDERAIS

São títulos emitidos pelo Governo, por meio do Tesouro Nacional, com a finalidade de captar recursos para o financiamento da atividade pública. O Tesouro Nacional oferece títulos com diferentes tipos de rentabilidade, prazos e fluxos de remuneração, contribuindo com a sua diversificação.

Podem ser comprados via corretora ou via Tesouro Direto. O Tesouro Direto é um programa que possibilita a negociação, através da internet, de títulos públicos por pessoas físicas.

Quer saber mais informações sobre títulos de renda fixa?
Acesso o site da XP ou entre em contato com seu assessor!

 

Saiba mais